Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



04
Set18

279.

E volto a um novo ciclo, na mesma etapa de sempre; querer escrever(-te) e ficar sem palavras para dedicar. Tento escrever algo com coerência, que faça todo o sentido no coração de quem leia. Mas falham-me as palavras como tantas vezes no passado falharam. E tento, e volto a tentar. Tenho sido feita de tentativas vãs, sem palavras e versos para (te) dedicar. 

Sou uma escritora feliz, o coração apenas consegue sentir.

Autoria e outros dados (tags, etc)