Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



04
Mar18

~

No silêncio da noite deixei a mente vaguear, e ela vagueou para perto do coração. Em sussurros, esvaziei-me de sentimentos - contei-os todos às paredes do meu quarto e a todos os átomos que compunham o ar que me cercava. Imaginei outros cenários futuros, criei expectativas mesmo sabendo que, provavelmente, por toda a esperança que tivesse, nenhuma se concretizava. Não calei sentimentos - não consegui, e quando tentei, senti o peito demasiado cheio de sentimentos.

Pedi uma razão para acreditar que te fostes embora, mesmo quando a tua sombra me assombra quando o pensamento foge para ti. Porque as palavras que trocámos não são suficientes - nunca foram suficientes para mim, sempre sonhei e esperei mais. E foram esses cenários que criei, de palavras de amor trocadas, que ficaram por terra. Mas, aos átomos que me ouviram, pedi amor, pedi-te em amor. Deixei de vaguear perto do coração, e voltei a dormir. 

Autoria e outros dados (tags, etc)