Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Existem tantos tipos de amores, tantos que não lhes consigo contar. Aqueles que queremos tanto esquecer, mas torna-se impossível, e outros que, com apenas uma palavra, nos alteram de tal forma que esquecemos de continuar a amar. Aqueles que obrigam a esquecer são os mais dolorosos. Não nos basta terem arrancado o coração, ainda nos obrigam a curá-lo no momentos para que sigamos em frente. Mas custa demasiado. E, sem nos darmos conta, tornam-se esquecidos. (Ou não tão esquecidos.)

Autoria e outros dados (tags, etc)


12 comentários

Imagem de perfil

De Carolina Cruz a 03.05.2016 às 23:38

Tanta verdade.
Beijinhos, boa noite!
Imagem de perfil

De V. a 04.05.2016 às 14:18

(in)felizmente, é o que acontece.
Ainda bem que gostaste. :)
Beijinhos.
Imagem de perfil

De Chic'Ana a 04.05.2016 às 10:14

É uma verdade!
Imagem de perfil

De V. a 04.05.2016 às 14:20

(in)felizmente, é. E ocorre mais vezes do que se pensa.
Imagem de perfil

De O Principezinho a 05.05.2016 às 15:42

Imprevisibilidades da vida...e do amor...
Imagem de perfil

De V. a 05.05.2016 às 16:40

Sim, é verdade. :)
Imagem de perfil

De brunosea a 13.05.2016 às 07:15

Olá =)

O que é para ti o amor?
Ficarias mais magoada se perdesses uma amizade de anos ou um amor? Sei que dores não se comparam, mas ando sempre confuso com o valor que damos aos sentimentos.
Bem sei que o amor pode ser relativo a qualquer coisa, mas o que é para ti? Porque lhe damos tanta importância que até pode colocar em causa tanta tanta coisa.

=)
Imagem de perfil

De V. a 17.05.2016 às 01:38

Olá. :)
Pensei muito numa resposta para essa pergunta, mas não consegui. Tal como tenho no texto, existem muitos amores, muitas variantes do mesmo sentimento. Tudo isso vai depender do que sentes e do valor que dás ao amor.
Dores não se comparam, é verdade, mas não sei o que escolher. Perder amizades de anos, acho que posso dizer que sou uma sortuda, e não perdi de um momento para o outro, mas já me afastei de pessoas que antes dava-me muito bem e que, hoje, falamos duas vezes no ano, mas nos reencontros parece que nada mudou. Isto por todos termos vidas que podem seguir rumos diferentes. Mas já perdi amores, tanto de estar apaixonada como de amar alguém que nos é muito próximo. E dói, muito.
Acho que é um sentimento lindíssimo, mas as diferentes interpretações e variações que o sentimento tem são meras distorções do ser humano, porque na minha opinião, é um sentimento puro. Sente-se e pronto.
Imagem de perfil

De brunosea a 21.05.2016 às 17:38

Olá V. =).

Gosto muito da forma como escreves e te revelas, a tua disponibilidade com as palavras. Gostava de te conhecer melhor, és interessante.

Se quiseres podes ver o meu perfil de facebook e enviar pedido:

https://m.facebook.com/bruno.filipe.1610
Ou posso te dar o meu email: Bruno.lem.ist@gmail.com

Se não quiseres, entendo =) vou continuar a ler com o maior gosto os teus posts e replies =)

=)


Imagem de perfil

De V. a 21.05.2016 às 21:43

Olá. :)
Desde já, muito obrigada. :)
Quanto à disponibilidade, nem sempre se verifica. Existe sempre uma altura onde as palavras não se tornam disponíveis.
Por uma questão de privacidade, não te irei fornecer o meu link de facebook. Mas poderei entrar em contacto contigo por email, sem problema. Como agora não tenho tanta disponibilidade para estar na internet, não te enviarei agora nenhum email. Mas em breve receberás quando tiver uma maior disponibilidade de tempo. Contudo, poderás continuar a contactar-me por aqui. E, acredita, apesar de não teres acesso ao meu facebook, já tens acesso a um local que pouquíssimas pessoas sabem que existe.
Resto de bom fim de semana. :)
Imagem de perfil

De brunosea a 22.05.2016 às 08:09

Olá =).
Não tem mal, como te sentires melhor. Entendo.

Chegaste a ver o meu face? Adoro fotos, se quiseres dá uma vista de olhos.

O mestrado mata muito tempo hum. Continua interessante?

=)

Sim correu, sempre com algum stress pois começa tudo de novo e tenho de me adaptar às pessoas e lugares hummm
Imagem de perfil

De V. a 23.05.2016 às 12:32

Olá. :)
Não, não vi. Assim que tiver mais tempo, posso tentar ver.
Ainda não estou em mestrado. Estou nos últimos dias de licenciatura e é por isso que apareço aqui na internet de fugida.

Comentar post