Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



28
Nov17

da infância,

Quando era pequena, usava uma casaca revestida de pelo no seu interior que pertencia ao meu pai. O seu cheiro era-me familiar - cheirava a casa e a conforto. Nas noites frias de inverno, apenas ela me aquecia. Colocava-a no meu sítio preferido da cama e dormia com ela envolvida em mim. Para além do calor, fornecia-me conforto. Ali, sentia-me segura do mundo. Ali, fui criança inocente, e sonhei muito. Hoje queria voltar a essas noites. A esse conforto. A essa inocência. Hoje quis volar a ser inocente. Hoje quis ser criança pequena novamente. 

Autoria e outros dados (tags, etc)