Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



As canções escolhem a sua hora e a sua época. Quando nada te sai do alaúde, haverá um motivo. O tom de uma canção vem do teu coração e não sairá água cristalina de um poço lamacento. Tudo o que poderá fazer será esperar que a lama assente ou soarás como um sino rachado.

in O Medo do Homem Sábio parte 1, por Patrick Rothfuss

 

Esta belíssima citação aplica-se de igual forma à escrita. Quando a li, tocou-me no coração - e a minha escrita sussurrou-me: é assim também para mim.


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.