Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Tenho dias. Tenho dias em que me desperto da letargia e o mundo me parece mais bonito. Tenho dias em que, por mais que o sol brilhe, o mundo parece negro. Tenho dias. E tenho meses. Tenho meses que trabalho mais e outros em que trabalho menos. Tenho meses em que escrevo muito, e meses em que escrevo pouco. Tenho meses. E tenho anos. Tenho anos que sinto que foram bons anos, e outros que poderiam ter sido melhores. Tenho anos em que sei o que quero e o que fiz, e outros em que me senti perdida. Tenho anos de saudades acumuladas, anos de dores acumuladas, anos de amores vividos, anos de arrependimentos, anos que passaram num borrão. Tenho anos de vida, e anos vindouros que espero ter. Tenho anos em que quero perdoar, e anos em que acho que mereço ser castigada. Tenho anos de todos os tipos. Não terei séculos, apenas tenho os que me mostram as memórias de vidas passadas. Mas tenho anos. E tenho anos em que me sinto velha, e anos em que me sinto jovem. São mais os anos em que me sinto velha. Não queria ser tão velha com tão pouca idade. 

Autoria e outros dados (tags, etc)