Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



10
Ago15

Insónia.

O relógio marca 03:10. É madrugada, e não consigo dormir. Os meus olhos estão demasiado abertos, a mente está a toldar-se de cansaço, mas ainda não me deixa dormir. Algumas palavras surgem e, mentalmente, escrevo-as em belas frases. Algumas escapam-me, e outras não sei onde as enquadrar. É noite escura, tal como a minha mente está escura, e luto pela luz, pelo descanso. Mas não consigo. Algo prende-me, mas não sei o que é. Peço descanso, mas não o encontro. Peço sono, mas encontro-me acordada. Peço um abraço, mas abraço-me a mim mesma e não me sinto segura. 

Quero dormir, nada mais. E deixo ir as palavras... 

Autoria e outros dados (tags, etc)