Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



23
Abr18

meu amor, (5)

Queria um texto de melancolia. Coloquei a música a tocar para me entrar pelos ouvidos e sentir que iria colocar toda a melancolia no texto que escrevia. Os meus dedos não sentiam a necessidade de tocar algo frio e escrever a melancolia, queriam sentir o meu amor, o calor da sua pele, o formato do seu corpo - a ele inteiro. Veio a saudade - porque a distância leva-me à saudade extrema de ti. Mas mesmo a quilómetros de distância, sinto-te perto de mim, a dar-me todo o apoio e amor que me tens dado. Não me deixes nunca, e fica uma vez mais a promessa: Prometo voltar para ti, sempre e para sempre.

Autoria e outros dados (tags, etc)