Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



14
Fev17

palavras

Podia escrever sem fim, sem sentimento, sem qualquer prazer do ato de escrever. Ou, melhor, poderia deixar de escrever e abafar as palavras que correm pelas minhas veias e deixar que se percam e sejam depuradas. Mas não.

Tal como um viciado de cocaína, sinto mais alegria e prazer quando me correm palavras pelas veias e as liberto no papel. Se não as tenho, a ansiedade agita-me e o coração dói-me. Não consigo viver sem elas; espero que elas não vivam sem mim. 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De Luella Rose a 14.02.2017 às 14:30

Escrever é um acto de libertação :)
Imagem de perfil

De V. a 14.02.2017 às 15:06

Com certeza que é. :)

Comentar post