Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Se te contar as horas, meu amor, contar-te-ei que me perco nas que te tenho. 

Se te contar os minutos, meu amor, dir-te-ei que me perco na contagem e não sei há quantos estou contigo. 

Se te contar os segundos, meu amor, dir-te-ei que me perco no ponteiro que os conta. 

Mas se te contar as palpitações do meu coração, meu amor, terei de te dizer que em cada um te amo mais. 

E, meu amor, quando encosto o meu ouvido ao teu coração, o meu alinha as batidas com o teu. Porque, meu amor, a cada momento me apaixono por ti, numa eterna ligação e amor entre nós os dois. 

(Se vos contar, dir-vos-ei que comecei a escrever cartas de amor. E em todas elas, repito o meu amor.)

Autoria e outros dados (tags, etc)